Museu da memória e dos direitos humanos vale a pena?

Fizemos um roteiro de um final de semana em Santiago do Chile e com esse tempo corrido precisaríamos ser bem específico nos pontos turísticos para visitar. E acertamos em cheio quando visitamos o Museu da memória e dos Direitos Humanos em Santiago, é um museu incrível e vale muito a pena a visita.

Sobre o Museu da Memória e dos Direitos Humanos

Continua após o anúncio

É um espaço criado para mostrar todas às violações dos direitos humanos cometidas durante a ditadura chilena que ocorreu entre 1973 e 1990. O principal objetivo do museu é dar um dignidade aos familiares que perderam seus entes e estimular a reflexão e o debate sobre a importância da tolerância para que os eventos como esse nunca mais aconteçam.

O museu foi inaugurado em janeiro de 2010 pela presidente da época Michelle Bachelet. Na entrada do museu tem uma frase linda dela que marca muito o principal significado da criação do museu.

Foto de Michele Bachelet na entrada do Museu da Memória e dos direitos humanos
Frase e Michelle Bachelet: “Não podemos mudar nosso passado, só podemos aprender com o que vivemos, essa é nossa responsabilidade e nosso desafio.”

Por todo o museu você vai encontrar documentos, arquivos, desenhos, fotos, vídeos, folders e objetos para retratar de forma cronológica a história do golpe de estado no país.

A história começa com o golpe de Estado, a repressão dos anos seguintes contra quem era contrário, a resistência, o exílio, a solidariedade internacional e a defesa dos direitos humanos.

Painel com atrocidade realizada por todo o mundo.

Continua após o anúncio

Além de conter um acervo grande de conteúdo de mídias em diferentes formatos, o museu oferece um Centro de Documentação, chamado de CEDOC, onde pesquisadores, estudantes e público em geral podem acessar toda documentação através da plataforma digital disponível no museu.

“O Museu da Memória e dos Direitos Humanos é um espaço dinâmico e interativo que resgata a história recente do Chile e reconecta com a verdade, que está crescendo e se projeta na promoção de uma cultura de respeito pela dignidade das pessoas.” Definição oficial do Museu.

Preço do Museu da Memória e dos Direitos Humanos

A entrada do Museu é gratuita, inclusive a maioria dos museus em Santiago tem sua entrada gratuita. Isso é muito legal para estimular tanto a população quanto os turistas, a visitar os museus da cidade.

É disponibilizado um aparelho de áudio em diversas línguas, inclusive em Português para que você possa ter uma imersão ainda maior do museu. É cobrado 2.000 pesos chilenos para usar o aparelho.

Horários do Museu da Memória e dos Direitos Humanos

O museu funciona de Terça à Domingo das 10h00 às 18h00 e fecha nos feriados do dia 01 de Janeiro (Ano Novo), 01 de Maio (Dia do Trabalho), 18 de Setembro (Festa Nacional), 19 de Setembro(Dia das Glórias do Exército) e 25 de Dezembro (Natal).

Como chegar ao Museu da Memória e dos Diretos Humanos

Metrô

A melhor opção para chegar até o Museu é de Metrô, você só precisa pegar a linha 5 e descer na estação Quinta Normal. O museu fica exatamente na saída da estação. Além disso aproveite depois para conhecer o parque Quinta Normal.

Carro

Para chegar de carro recomendo usar o GPS, aqui vou deixar o link no Google Maps para ir direito para o Museu. O endereço do Museu: Matucana 501, Santiago, Chile. Você pode colocar também no GPS, Estação de Metro Quinta Normal, que você chega do mesmo jeito.

Estacionamento no Museu

No museu tem um estacionamento, onde é cobrado por minuto, 25 pesos chilenos por minuto.

Ônibus

Indo de ônibus é um pouco mais confuso, mas com Google Maps é tranquilo, ele indica até o ponto de ônibus que você tem que ir.

Pela rua Matucana: Pegue o ônibus 507 ou B26 – B28:
Pela rua Catedral:Pegue qualquer uma dessas linhas, J09 – J10 – J19;
Pela rua Empresa: Pegue qualquer uma dessas linhas, 505 – 508 – 510;

Vale a pena visitar o Museu?

Na minha opinião é um dos passeios indispensável em Santiago. Esse museu é uns do melhores e mais impactantes que já visitei. Outro que eu recomendo a visita é o Museu do Apartheid na África do Sul!

Comece organizando sua viagem por aqui 👇

🩺 Seguro Viagem com cobertura COVID-19| Ganhe 5% de desconto com o cupom VIAGENSPELOMUNDO em qualquer seguro viagem com nosso parceiro Seguros Promo!

✈️ Passagem aérea em promoção| Compre sua passagem com até 35% de desconto na Passagens Promo e parcele em até 10x sem juros!

🧳 Pacotes de Viagens Promocionais| Se programe para viajar em 2022 e pague muito mais barato no HURB. Pacote com 50% de desconto!

📱 Internet para Viajar | Viaje para o exterior já com internet. Temos o cupom VIAGENSPELOMUNDO que dá 10% em qualquer chip de internet da AMERICA CHIP.

🛌 Melhor lugar para se hospedar| Use o BOOKING para encontrar o melhor lugar para se hospedar. Além de encontrar o menor preço na hospedagem é possível analisar as avaliações do local feitas por outros viajantes.

Continua após o anúncio

Você pode gostar também

Utilizamos cookies para proporcionar-lhe uma melhor experiência. Se continuar navegando em nosso site, consideramos que está de acordo com a nossa política de privacidade. Aceitar Ler mais!

>